Bulimia Nervosa

O que é Bulimia Nervosa?

A prevalência estimada da bulimia ao longo da vida varia de 1 a 4%, dependendo do estudo, sendo que assim como a anorexia nervosa, ela é mais comum entre mulheres do que entre homens.

A bulimia nervosa é um transtorno psiquiátrico que se caracteriza pela presença de compulsões alimentares, seguidas por métodos compensatórios que tem como objetivo evitar o ganho de peso.

Imagem Bulimia Nervosa

A compulsão alimentar é caracterizada pela ingesta de uma grande quantidade de comida (que a maioria das pessoas consideraria grande), em um intervalo curto de tempo (aproximadamente 2 horas), e com a sensação de perda de controle.

A compulsão é diferente de um momento em que se “exagera na comida”, por exemplo. Na compulsão muitas vezes a quantidade de comida ingerida é uma quantidade que a maioria das pessoas não conseguiria comer em circunstâncias normais, e diferencia-se de um “exagero” ou hiperfagia pela sensação descrita de que houve um descontrole. Frequentemente os pacientes descrevem que comeram infinitamente mais do que haviam pensado em comer inicialmente.

A maioria das pessoas lembra dos vômitos quando se fala de bulimia, mas esse não é o único método compensatório que pode existir no quadro e há inclusive pessoas com bulimia nervosa que nunca provocaram vômito. O indivíduo acometido pode utilizar outros métodos pra compensar o que ingeriu, como uso de laxantes, diuréticos, inibidores de apetite, pode fazer até jejuns compensatórios, exercícios físicos extenuantes, etc.

Na bulimia existe uma grande preocupação em perder peso ou em não engordar, assim como na anorexia nervosa, e uma insatisfação muito grande com a forma ou o peso corporal, mas não é tão frequente a distorção de imagem, como existe na anorexia nervosa.

Na maioria das vezes o quadro começa com uma tentativa de dieta, que em geral é bastante restritiva, e após algum tempo nessa dieta o paciente sente muita fome e acaba se descontrolando e comendo uma grande quantidade de comida. Em seguida ele se sente muito culpado e pensa em compensar de alguma forma o que comeu, e aí que entram os métodos compensatórios. Passado esse episódio, em geral ele tenta retomar a dieta e o ciclo se repete, e repete, e aí que temos a bulimia nervosa.

Existe um grande risco de complicações clínicas na bulimia nervosa, assim como a associação com vários outros transtornos psiquiátricos.

O tratamento e a remissão do quadro são possíveis, mas para isso se indica o acompanhamento com equipe multidisciplinar (com psiquiatra, psicólogo e nutricionista), especializada em transtornos alimentares.

Imagem Doutora Maria Antonia

Dra. Maria Antonia Simões Rego

Psiquiatra | CRM 135063
RQE 46406

Olá, eu sou a Maria Antônia, médica formada em 2008 pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – USP.

Logo em 2009, iniciei a minha Residência Médica em Psiquiatria pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital da FMUSP, na qual permaneci até 2012.

quer entrar
Em contato?

Blog

Todo Comportamento Excessivo é uma Doença?

Todo Comportamento Excessivo é uma Doença?

Todo comportamento humano, inclusive os fisiológicos, como a necessidade de comer, pode virar uma patologia (um problema de saúde) quando feito de maneira excessiva.⠀⠀ O que isso quer dizer? Quer dizer que um comportamento normal pode virar um problema diante do...

ler mais
Como Incorporar Novos Hábitos Com Menos Dificuldade

Como Incorporar Novos Hábitos Com Menos Dificuldade

O “novo” quase sempre tem duas faces. Para alguns, o novo é algo fácil de ser aplicado. Mas para outras pessoas, o novo causa receio, dificuldade. E não podemos ignorar que, quando uma pessoa tenta começar um novo hábito em sua vida, e não consegue, ela fica...

ler mais
Transtornos Alimentares em Tempos de Pandemia

Transtornos Alimentares em Tempos de Pandemia

Instabilidade emocional, incertezas, solidão, falta de controle e outras emoções desgastantes, infelizmente, já conhecidas por algumas pessoas, porém, com a pandemia tudo se intensificou. Só que, para algumas, todos esses sentimentos são refletidos na alimentação....

ler mais
Open chat