O “novo” quase sempre tem duas faces. Para alguns, o novo é algo fácil de ser aplicado. Mas para outras pessoas, o novo causa receio, dificuldade. E não podemos ignorar que, quando uma pessoa tenta começar um novo hábito em sua vida, e não consegue, ela fica angustiada.

Mas, é como eu digo para os meus pacientes, o novo hábito se cria. Ele cresce aos poucos. Não acontece do dia para a noite. Tá tudo bem sentir dificuldade. O importante é não desistir!

Vou colocar aqui uma listinha de dicas que podem ajudar:

  1. Faça tudo no seu ritmo⠀O valioso é a frequência e não a intensidade. Um pouquinho por dia já é grande coisa. Não tenha pressa em nenhuma evolução. Tenha persistência.
  2. Faça o que você gosta⠀Por exemplo, se o novo hábito precisa ser uma atividade física, algo que também é fundamental para a saúde mental, procure práticas que você se identifica, que você goste. O mesmo com a alimentação. Mais do que pensar no alimento, pense no modo de preparo.
  3. Autoconhecimento: onde tudo começa⠀Embora seja importante e, por vezes, indispensável para a saúde do paciente, um novo comportamento pode ser um desafio. Não vou mentir, realmente, não é tão fácil quanto falar. Neste ponto, o autoconhecimento pode e vai ajudar. Para que o novo hábito seja inserido sem dificuldade, volte “três casas”. Ou seja, pare e reflita sobre o comportamento que leva ao hábito ruim e o que precisa ser mudado.
  4. Não faça nada sozinhoSe a dificuldade bater, procure ajuda. A regra é essa (e para tudo). Mas, quero chamar atenção para hábitos que trazem prejuízos à saúde mental. Quando você perceber ou estiver em situações que colocam em risco ou já afetam a plenitude de sua saúde mental, procure apoio profissional. Não deixe para depois. Não veja a busca por ajuda como algo negativo. Como eu disse: é apoio! Sem julgamentos e sem apontar erros. Até precisamos entender o que causa esse comportamento ruim, mas o nosso foco sempre será a solução. O foco sempre será a sua melhora! Vamos (no plural mesmo) resolver isso juntos.

#dramariaantoniasimoes #psiquiatriasp #psiquiatria #higienopolis #saúdemental #transtornosalimentares #transtornoalimentar #novoshábitos #saúde #vidaequilibrada

Open chat